quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Secretário do Codinorp propõe Plano de Educação

Qualidade na metodologia de ensino e bom aproveitamento do aluno em sala de aula passam pelas mãos dos bons professores. É assim que a Secretaria Regional de Educação do Consórcio de Desenvolvimento e Inovação do Norte do Paraná (Codinorp) pretende instigar e iniciar o seu plano educacional no âmbito dos nove municípios que compõem a entidade. “Professores são gente que faz a educação diferente”, define o secretário Amauri Monge Fernandes, que tomou posse em solenidade realizada ontem (09/01) em Jaguapitã, a 60 quilômetros de Londrina, onde compareceram autoridades regionais, prefeitos, vereadores, professores e secretários municipais de educação.

O Codinorp reúne as prefeituras das cidades de Cafeara, Centenário do Sul, Florestópolis, Guaraci, Jaguapitã, Lupionópolis, Miraselva, Porecatu e Prado Ferreira (Bela Vista do Paraíso deverá ser o próximo a ingressar na associação), todas no norte do Estado. A Pasta está sendo criada pela associação como parte de um esforço uníssono dos municípios consorciados para promover melhorias e qualificações mais significativas na política educacional da região, com base em definição de metas de interesse microrregional e obtenção de resultados uniformizados.

Segundo Fernandes, sua secretaria vai encabeçar a realização de um plano regional de educação considerando as assimetrias que existem em cada localidade e sempre levando em conta – diz o secretário – os diferentes interesses municipais.

Outra ação proposta é ganhar em escala uniformizando determinadas aquisições comuns às prefeituras, além de levar em conta a unificação do sistema pedagógico. Para iniciar este trabalho, a SRE vai realizar sua primeira “Semana Pedagógica” já nos próximos dias 1º e 2 de fevereiro, em Florestópolis, a 73 quilômetros de Londrina, reunindo professores, pedagogos, diretores e equipes técnicas das escolas municipais da região, além de palestrantes renomados no meio educacional do país.

CONCURSO NACIONAL – O professor Amauri Monge Fernandes, 54 anos, oriundo de Santana do Parnaíba (SP), atua há sete anos na área de gestão pública. Tem mestrado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e doutorado em Administração Pública e Políticas pela Universidade de Lisboa (Portugal). Ele foi escolhido dentre 367 inscritos de todo o país através de uma iniciativa do consórcio denominada “Aliança Regional pela Educação”.

Tanto a implantação da secretaria quanto o processo seletivo foram propostos pelo presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional, deputado federal Alex Canziani (PTB). “O secretário regional tem que ser um gestor experimentado, alguém da área, que entenda do assunto do ponto de vista técnico e pedagógico, seja inovador e que seja resiliente. Não é uma questão de ser indicação política”, justifica o parlamentar, elencando as qualidades do cargo.

A escolha de Amauri Fernandes não foi simples. Desde novembro do ano passado, ele e os demais participantes do concurso nacional passaram por uma série de etapas, incluindo análise curricular (aspectos da trajetória profissional para a identificação de experiências relevantes em posições de liderança e gestão), sabatina e uma análise feita por uma banca de avaliação composta por expoentes da Educação brasileira. Todo o processo foi conduzido pela agência Vetor Brasil, de São Paulo, organização sem fins lucrativos que apoia o poder público na identificação e seleção de profissionais de excelência.

Com sua escolha, Fernandes já estabeleceu residência em Jaguapitã, onde fica a sede da secretaria recém-implantada. O cargo não é comissionado e nem seguirá o regime próprio dos servidores públicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir