segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Sindicatos discordam novamente sobre abertura de comércio

Não é a primeira vez que os consumidores de Santo Antônio da Platina assistem incrédulos a falta de acordo entre os sindicatos do Comércio Varejista e dos Trabalhadores no Comércio sobre o horário de funcionamento das lojas. Este ano, já houve polêmica sobre a abertura no domingo, 24, e agora, o centro das atenções é o sábado, 23.  No dia 11 deste mês, os presidentes dos dois sindicatos assinaram um Termo de Acordo, onde ambos concordavam que o comércio permaneceria fechado no domingo, porém, em contrapartida, ficaria aberto das 9h às 21h no sábado, 23. O problema, é que depois do documento assinado, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores, Milton Coelho voltou atrás da decisão e ontem, mandou um documento para Figueira dizendo que prevaleceria um “acordo coletivo individual”, que faria após se reunir com os empregados e também proprietários de alguns estabelecimentos comerciais.
A reportagem tentou contato com Milton Coelho para saber o motivo pelo qual ele mudou de ideia e também para quando ficou a reunião com os empresários, mas ele não foi encontrado.
Já José Alex disse à reportagem que o acordo foi feito diante de uma videoconferência, realizada dia 11 de dezembro, com o juiz da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz, James Josef Szpatowsk, que já atuou em Santo Antônio da Platina, e conseguiu, anos atrás, elaborar um cronograma de funcionamento do comércio que foi mantido até agora. “Pedimos novamente a ajuda do juiz, que nos atendeu gentilmente, por meio de uma videoconferência, onde ficou estabelecido que o comércio ficaria fechado no domingo, mas abriria no sábado até as 21 horas com direito a vale alimentação aos trabalhadores e hora extra.
Assinamos um Termo de Acordo dentro desse cronograma e agora Coelho mudou de ideia dizendo que vai ser elaborado um acordo coletivo individual. Mas isso não existe. Ou é coletivo ou é individual”, afirmou José Alex, dizendo que somente Santo Antônio da Platina, que se diz Polo Comercial Regional ficará com o comércio fechado no sábado após as 17 horas e na véspera do Natal. “Milton Coelho apelou até para um padre dizer durante a missa que trabalhar nesses horários era trabalho escravo. Pergunto então: será que o bispo de Jacarezinho e o arcebispo de Londrina também pensam dessa maneira, já que nessas cidades o comércio funcionará a pleno vapor no sábado e no domingo de manhã? Isso sem falar nos shoppings de Londrina que funcionam direto?”, questionou.
Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista, o Natal é a melhor data, mundialmente, para vendas. “O comerciante ganha e o trabalhador também. Essa data representa o equilíbrio financeiro do comércio em geral, principalmente, em época de crise. E isso reflete na geração de emprego e também na renda dos empregados. É uma pena que Santo Antônio da Platina não acompanhe a evolução dos tempos”, concluiu.

FONTE: GLADYS SANTORO - JORNAL TRIBUNA DO VALE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir