quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Conselheiro Mairinck é contemplada em programa habitacional



O governo federal liberou uma cota com 3.331 novas casas populares a serem construídas no Paraná. Os projetos representam investimentos de mais R$ 246 milhões para o setor de habitação popular e serão destinados a municípios que apresentaram projetos com o auxílio da Cohapar. O município de Conselheiro Mairinck está incluso neste projeto.
“É muito importante esta notícia. Agradeço ao deputado estadual Pedro Lupion por nos auxiliar neste projeto e ao governador Beto Richa pela articulação entre o governo estadual e federal”, comemora o prefeito Alex Sandro.
Esta é a segunda etapa de seleção promovida pela União, que já havia contemplado o Paraná com 1.352 unidades em sua primeira fase, com projetos orçados em R$ 98 milhões. Em ambos os casos, as obras serão executadas por construtoras que apresentaram as propostas em conjunto com os municípios.
O governador Beto Richa já havia destacado a articulação entre os governos estadual e federal durante a entrega do maior conjunto habitacional da história da Cohapar, com 2.089 casas e apartamentos em Cascavel, no fim de setembro, com a presença do ministro das Cidades, Bruno Araújo. “A parceria com o governo federal, que agora se afina, é de respeito, de trabalho, e beneficia todos os municípios do Paraná”.
Os empreendimentos serão financiados com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial e são destinados para o grupo da faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, que é composto por famílias com renda mensal de até R$ 1.800.
Além dos subsídios do programa federal, a construção dos novos empreendimentos contará com os incentivos do programa Morar Bem Paraná, que incluem a assessoria técnica da Cohapar e parcerias da Copel e Sanepar para a instalação dos sistemas de energia elétrica, água e esgoto.
Com os aportes, as famílias beneficiadas pagarão prestações que vão de R$ 80 até R$ 270 ao mês durante dez anos de financiamento, o equivalente a cerca de 10% do valor do imóvel.
Segundo o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, a articulação do Governo do Estado junto ao governo federal foi fundamental para a conquista dos investimentos. “O Paraná foi o terceiro Estado que mais recebeu recursos da União nesta etapa”, afirmou. “Com as parcerias dos órgãos estaduais, os municípios não precisarão arcar com praticamente nada pelos empreendimentos”, acrescentou Lupion.

FOTO: Arquivo COHAPAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir