segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Secretaria da Saúde alerta contra envenenamento infantil

A Secretaria de Estado da Saúde lança a Campanha de Prevenção ao Envenenamento Infantil. A iniciativa foi apresentada em videoconferência para as 22 Regionais de Saúde e 122 municípios paranaenses na segunda-feira (9). O objetivo é alertar pais, responsáveis e cuidadores de crianças para os perigos potenciais de envenenamento infantil.
“Estamos focados em parcerias para atingir o maior número possível de pessoas sobre uma situação tão fácil de prevenir, mas que, se não orientadas, pode trazer sérios prejuízos às nossas crianças. A palavra-chave aqui é educação em saúde”, diz o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.
Dados da Secretaria da Saúde mostram que em 10 anos foram notificados 11.051 casos de intoxicação causadas por agentes externos em crianças de 0 a 12 anos no Paraná. Aproximadamente 8,5 mil desses (77%) correspondem às intoxicações de crianças até 4 anos de idade.
De acordo com a bióloga da Divisão de Vigilância de Zoonoses e Intoxicações, Juliana Cequinel, as crianças têm características que as tornam muito mais vulneráveis aos acidentes. “Crianças até 4 anos são muito curiosas e têm o hábito de levar objetos estranhos à boca, aumentando os riscos de envenenamento acidental por ingestão. A tendência a imitar comportamentos e a incapacidade de prever e evitar situações de perigo também são características que propiciam a intoxicação”, diz.
Produtos de higiene e limpeza, plantas, agrotóxicos e, principalmente, medicamentos são os principais responsáveis por intoxicações, e a maior parte ocorre dentro de casa (90%). “Por serem coloridos, os medicamentos ficam parecidos com balas e doces, atraindo os pequenos. Flores como o copo-de-leite também podem ser tóxicas e causar acidentes. Os responsáveis devem estar sempre atentos para que as crianças não tenham acesso a essas substâncias”, acrescenta Juliana.
SINTOMAS – Os venenos podem penetrar pela pele, olhos, respiração e, sobretudo, pela boca. Dentre os sintomas mais comuns do envenenamento estão dor; vômito; convulsão; diarreia; paralisia; respiração difícil; confusão mental; mudança na cor dos lábios; sensação de queimação na boca, garganta ou estômago; entre outros.
Em caso de envenenamento não se deve provocar vômito ou fazer respiração boca a boca; se o contato for pelos olhos, lavar com bastante água durante pelo menos 15 minutos e procurar com urgência o serviço de saúde. Quando for ao médico, levar a embalagem do produto, medicamento ou parte da planta que a criança teve contato.
A bióloga também lembra que os efeitos dos venenos podem não ser imediatos. “Se encontrar produtos perigosos abertos, observe atentamente a criança. E também é importante ficar atento aos animais de estimação, que também podem sofrer envenenamento”, diz.
Para outras dúvidas e informações, o Centro de Controle de Envenenamento do Paraná atende pelo 0800 41 0148 em plantão 24 horas.

FONTE: SESA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

19 Regional de Saúde Abatia Abatiá ACISC AJUDE O LUCCA Alex Canziani Alexandre Curi Alexandre Guimarães Andira Andirá Angra Doce Artigos Assessorados AUDIÊNCIA PÚBLICA Bandeirantes Barra Barra do Jacaré Beto Richa BOM DE BOLA BRASIL CADASTRO Cambara CAMBARÁ CAPS Carlopolis Carlópolis Casas em Cornélio CERTANO CIAS Cida Borghetti CISNORPI CONCURSO Conselheiro Conselheiro Mairinck ConselheiroMairinck Cornélio Procópio CREF Cultural Curiuva Destaque DETRAN EM AÇÃO Diversos Economia Educacao Educação Esportes Evandro Junior Figueira FUTEBOL Governo do Estado Governo Federal Guapirama Ibaiti Itambaracá Jaboti Jacarezinho Jaguariaíva Japira João Carlos Gomes Joaquim Távora JoaquimTavora Jogos Escolares Jundiaí do Sul JundiaidoSul Liberatti LIMITE DE GASTOS Londrina Magda Cristina MARQUES DOS REIS Michele Caputo MOLINIS Nova América da Colina NOVO CAMINHO Núcleo de Educação OFERTA DE CURSOS Online PARANÁ Parceria FAEL Pedro Lupion PHS Pinhalao Pinhalão PLATINA PM Policial Politica Política Projetos Quatigua Ratinho Junior Regiao Região Ribeirão Claro Ribeirão do Pinhal RibeiraoClaro RibeiraoDoPinhal Romanelli Rubens Bueno Salto do Itararé SaltoDoItarare SAMU Santa Cecília do Pavão Santa Mariana Santana do Itararé SantanaDoItarare Santo Antônio da Platina São José da Boa Vista São Sebastião da Amoreira SaoJosedaBoaVista SAP Saúde SEDS Sindicato Rural SAP Siqueira Campos SiqueiraCampos SOMOS CONSULTORIA Tomazina Trânsito Tribunal de Contas UENP VERMELHO Wenceslau Braz WenceslauBraz

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir