quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Ribeirão do Pinhal finaliza curso de artesanato em argila



As alunas do curso de artesanato em argila promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Ribeirão do Pinhal em parceria com o Sindicato Patronal e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), concluíram nesta quarta-feira (18) a segunda etapa com a finalização das peças.
Foram duas etapas, com um total de 64 horas, onde as 15 alunas confeccionaram manualmente cerca de 100 peças entre jarras, cachopos, panelas e bandejas que poderão ser usadas como utensílios domésticos ou peças decorativas. A instrutora do Senar, Cleide Ferreira Mattos, formada em Educação Artística, Artes Plásticas e com especialização em Geociências aplicadas ao Meio Ambiente, esclareceu que na primeira etapa as alunas aprenderam a moldar as peças manualmente e depois do período de secagem foram levadas ao forno. “Elas confeccionaram as peças e demos um intervalo para o período de secagem e agora no forno que foi construído aqui no local do curso as alunas acompanharam o processo da queima”.
A instrutora parabenizou o empenho das alunas e ficou satisfeita com o resultado. “Elas mostraram bastante interesse, trouxeram outros tipos argila, praticaram em casa, as peças ficaram lindas e o mais importante foi que trabalhamos juntas como uma família”, comemorou Cleide.
O chefe de gabinete, Eneucino Iel, que tem acompanhado de perto as etapas do curso, avalia que esta é uma oportunidade de grande importância para ajudar na geração de renda das famílias. “Queremos ajudar os produtores com alternativas de geração de renda que aproveite a matéria-prima da região e em breve formar um grupo ou uma associação para fortalecer essa atividade de produzir artesanato com argila aqui em Ribeirão do Pinhal”.
Segundo a professora da Escola Especial Despertar, Valéria da Cruz Ribeiro Golfieri de Oliveira, com o que aprendeu na primeira etapa do curso já foi possível começar a ensinar os alunos que já produziram as primeiras peças. “Começamos a ensinar as noções básicas para nossos alunos e agora já trouxemos peças deles para fase de queima. Todos estão empolgados e pretendemos montar um projeto para buscar recursos para conseguir comprar os instrumentos e quem sabe até um forno elétrico, que seria mais seguro para o trabalho em nossa instituição”, relatou Valéria.  
A agricultora Maria Aparecida da Silva Tomba também disse que está muito satisfeita com curso e que já tem até encomendas. “Achei o curso maravilhoso, mostrei por fotos as minhas peças e meus parentes de Curitiba já me pediram para reservar porque querem comprar. Agora quero fazer um forno como este na minha propriedade para fazer mais peças”, ressaltou a aluna.

GERAÇÃO DE RENDA
O artesanato feito com argila é muito valorizado e representa uma excelente opção de geração de renda para muitas famílias. O curso em Ribeirão do Pinhal foi oferecido gratuitamente e visa fomentar a geração de renda por meio do artesanato que também resgata e valoriza aspectos históricos e econômicos da região. Nesta primeira turma foram abertas 15 vagas, mas existe a previsão da formação de novas turmas em breve.


fonte: Priscila Dutra - Assessoria de Imprensa
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir