segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Programa Educacional contempla municípios atendidos por Lupion



O deputado estadual Pedro Lupion participou nesta segunda-feira (25), da assinatura da ordem de serviço do programa Renova Escola, que prevê o investimento na Educação de mais de R$ 320 milhões, até 2019. Nove municípios atendidos pelo deputado foram inseridos nesta etapa do programa: Campo Largo, Curiúva, Jaguariaíva, Juranda, Leópolis, Ribeirão do Pinhal, Santa Mariana, Siqueira Campos e Tibagi.
O Programa Renova Escola é resultado do convênio do Governo do Paraná com o Banco Mundial. Iniciado em 2013 e tem como proposta de investimento na Educação R$ 322 milhões até 2019. A responsabilidade do Instituto Fundepar é promover o investimento desses recursos em três grandes áreas: reformas, aquisição de equipamentos e materiais e ampliações.
Entre os estabelecimentos contemplados nessa etapa está o Colégio Estadual Jorgina Batista de Paula, de Ribeirão do Pinhal. De acordo com o parlamentar há algum tempo a chefe do Núcleo Regional de Educação, Magda Cristina Souza, em parceria com o ex-prefeito Dartagnan Calixto Fraiz e o ex-vereador Cícero Rogério Sanches, solicitaram a reforma do colégio.
“Trouxemos ao deputado a necessidade de realizar uma obra para reforma do Jorgina Batista e hoje estamos levando a boa notícia de que a instituição receberá R$ 145.489,00 para melhorar sua estrutura física. Ganha o município e principalmente toda comunidade acadêmica. Agradecimento especial ao deputado Pedro Lupion e ao governo Beto Richa”, comemora Magda Souza.
De acordo com o governo estadual, as reformas já beneficiaram 332 escolas em todo o Paraná, próximo da meta de 400 escolas previstas inicialmente. São 81 instituições de ensino que receberam obras de reparos acima de R$ 150 mil, e outras 251 escolas tiveram reformas de até R$ 150 mil. Devido ao sucesso do trabalho, em maio de 2017, houve a renovação do convênio que incluiu mais 60 escolas.
Ainda estão sendo feitas a aquisição e a entrega de diversos materiais e equipamentos, como mobiliários, conjuntos escolares, mesas para refeitórios, fogões, geladeiras, armários, entre outros. Levantamento apontou que 1.135 escolas estaduais necessitavam de algum tipo de material ou equipamento para melhoria dos ambientes escolares ou atendimento de estudantes, professores e funcionários. Dessas escolas, 89% delas já tiveram a solicitação atendidas.
Já as ampliações são permitidas para ambientes como salas de aulas, bibliotecas, laboratórios e refeitórios.
Em 2014 foram investidos cerca de R$ 61 milhões pelo programa; no ano seguinte foram outros R$ 97 milhões. Em 2016 esse valor chegou a R$ 50 milhões. Para 2017 são mais R$ 67 milhões de investimento. E mais R$ 46 milhões estão previstos para 2018.
Além do Programa Renova Escola, o Banco Mundial ainda destina R$ 145,2 milhões à área da educação para contribuir no desenvolvimento de programas de formação continuada dos profissionais da educação (Formação em Ação) e no Sistema de Avaliação do Estado do Paraná (Saep).

FONTE: Assessoria Pedro Lupion

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir