quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Núcleo Regional de Educação promove capacitação em futsac

O Núcleo Regional de Educação (NRE) de Ibaiti, no Norte Pioneiro, promoveu duas capacitações de profissionais da educação para a prática do futsac, modalidade esportiva que entrou este ano na matriz curricular de escolas estaduais. Estas foram as primeiras capacitações do novo esporte realizadas em um Núcleo Regional de Educação. As demais serão agendadas nas outras 31 regionais.
Com a supervisão da professora Izabel Cristina, coordenadora de Educação Física do NRE de Ibaiti, as capacitações foram ofertadas a 42 professores das cidades de Siqueira Campos, Tomazina, Pinhalão Guapirama, Ibaiti, Figueira, Conselheiro Mairink, Japira e Jaboti.
Segundo o diretor de esporte da Federação Paranaense de Futsac, professor Heber Luiz, que coordena o Centro de Treinamento de Futsac no Colégio Estadual Antonio Martins de Melo (Ibaiti), a capacitação foi um passo muito importante para garantir suporte ao crescimento do esporte no Norte paranaense.
A chefe do NRE de Ibaiti, Arlete Koroviski, avalia que a nova modalidade vai contribuir para tornar as aulas de Educação Física mais variadas e divertidas. “Ainda mais por ser um esporte oficial do nosso Estado”, disse.
As capacitações aconteceram por meio de parceria o NRE de Ibaiti, Confederação Brasileira de Futsac e Federação Paranaense de Futsac.
HISTÓRIA - O criador da modalidade e atual presidente da Confederação Brasileira, professor Marcos Juliano Ofenbock, destaca que o futsac é um esporte muito simples de ser implantado.
Ele desenvolveu a nova modalidade durante uma viagem à Austrália ao misturar conceitos de futevôlei, tênis e futebol. O jogo é praticado com uma bolinha recheada de plástico. Desde a ideia original até agora se passaram 18 anos e nesse período o futsac foi reconhecido legalmente. Hoje o tem mais de mil praticantes em todo o Brasil. O atual campeão brasileiro da modalidade é um atleta paranaense.
“Quando fazia intercâmbio na Austrália, em 1998, conheci o footbag graças a um amigo neozelandês que amava futebol tanto quanto eu. Aprendi a jogar, gostei de brincar e imaginei que faria o maior sucesso por aqui. Na volta, comecei a desenvolver a ideia de criar um esporte novo em Curitiba, mas isso só aconteceu mesmo em 2002. Enfim, fui adaptando a bolinha, os primeiros protótipos eu enchia com arroz”, lembra Marcos. “Para praticar, basta bolinha e rede”, completa.
REGRAS – O futsac é praticado com uma bolinha recheada de plástico granulado, em uma quadra que mede 10 metros por 5 metros, com uma rede divisória de 1,5 metro de altura. O objetivo é derrubar a bolinha no campo adversário, sem utilizar as mãos. Só é permitido usar pés, pernas, tronco e cabeça para tocar na bolinha. São disputados três sets, até 21 pontos. 

FONTE: Agência Estadual de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir