terça-feira, 30 de maio de 2017

Hospital Regional do Norte Pioneiro será estadualizado, garante Michele Caputo


O secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, reunido com prefeitos representantes do consorcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro- Cisnorpi nesta terça-feira (30) e confirmou a estadualização do Hospital Regional do Norte Pioneiro, em Santo Antônio da Platina. A reivindicação foi encaminhada líder do governo deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB), e pelo deputado Pedro Lupion (DEM).

“Estamos assumindo mais este compromisso com o Norte Pioneiro, pois sabemos da importância deste hospital para toda a região. Com a Funeas, será possível qualificar o atendimento e ampliar ainda mais os serviços. O objetivo é oferecer o que há de melhor à população”, declarou o secretário. Para ele, a ideia é profissionalizar a gestão, tornando a estrutura cada vez mais eficiente.

Caputo Neto ressaltou ainda que a medida vem ao encontro do processo de transformação do hospital, apoiado pelo Estado desde 2011. “Há pouco mais de seis anos, quando assumimos o governo, este hospital detinha uma baixa taxa de ocupação de leitos e não realizava uma série de procedimentos importantes. Hoje esta realidade é totalmente diferente. Implantamos a UTI neonatal, estamos construindo a UTI adulto e avançamos na área de cirurgias eletivas e materno-infantil. Isso mostra claramente a nossa atenção às demandas de saúde na região”, detalhou.

O hospital regional o Norte Pioneiro é o único administrado por um consorcio intermunicipal, em todo o Estado, possui uma capacidade instalada de 73 leitos, sendo 10 leitos de UTI Neonatal, 38 leitos obstétricos, 17 clínico cirúrgicos e 8 leitos de pediatria para atendimento aos recém-nascidos

Para o deputado Luiz Claudio Romanelli, o secretário de Saúde demonstrou sensibilidade e boa vontade para solucionar uma reivindicação antiga dos prefeitos da região. 

A mudança administrativa atende também a uma reivindicação antiga dos prefeitos, que alegavam dificuldades para manter parte do custeio do hospital. Atualmente, a unidade já faz parte da rede própria da Secretaria de Estado da Saúde, mas a gestão é de responsabilidade do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (Cisnorpi).

O Estado mantém um convênio com o consórcio, onde repassa quase R$ 1 milhão em recursos mensais para cobrir grande parte das despesas de custeio do hospital. Em contrapartida, as prefeituras aplicam R$ 110 mil por mês. “A economia deste valor, que também será assumido pelo Estado, permitirá que nós prefeitos possamos investir em outras áreas prioritárias, como a atenção básica, por exemplo. Por isso, recebemos esta notícia com muita alegria”, afirmou o prefeito de Ribeirão Claro e presidente da Amunorpi, Mário Pereira.

A partir de agora, será criada uma comissão de transição com representantes da Secretaria de Estado da Saúde, da Funeas e do Cisnorpi. A intenção é organizar todo o processo de mudança na gestão, sem que haja prejuízos ao atendimento da população.

“Essa demanda dos prefeitos já vem de muito tempo, justamente porque o Hospital Regional do Norte Pioneiro depende de recursos do Cisnorpi e de todos os municípios que integram a 19ª Regional de Saúde. É um hospital de referência na região, que atende uma população de 290 mil habitantes. Com a estadualização, não haverá mais necessidade dos municípios repassarem verbas que hoje já são escassas e que poderão ser redirecionadas a outras ações necessárias nos municípios”, disse Romanelli.
O deputado estadual Pedro Lupion também comemorou a notícia. "Uma luta diária que nossos prefeitos lutam para esta estadualização. Importante a participação de 14 prefeitos que estiveram presentes", enfatiza Pedro Lupion.

FONTE: ASSESSORIA ROMANELLI / PEDRO LUPION / SESA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir