quarta-feira, 26 de abril de 2017

Juíza revoga portaria que proibia decotes e trajes curtos no fórum


A juíza e diretora do Fórum de Justiça de Cambará, Thais Terumi Oto voltou atrás e resolveu revogar uma portaria sua assinada no dia 27 de janeiro deste ano em que proibia a entrada no Fórum de pessoas que não estivessem “vestidas adequadamente”. A revogação foi assinada no dia 13 de março.
Durante os quase dois meses de vigência, a circulação de pessoas que não “estivessem vestidas com trajes incompatíveis com o decoro e a dignidade forenses” ficaram impedidas de frequentar o local público. Entre as peças consideradas impróprias para o uso dentro do espaço judicial estavam os decotes profundos “a ponto de deixar mais da metade do colo e dos seios visíveis”; roupas com transparência a ponto de permitir entrever-se partes do corpo ou de peças íntimas; blusas sem alça; que deixem a barriga, ou mais de um terço das costas desnudas; shorts (mesmo que conjugado de meias calças), saia que não cubra pelo menos dois terços das coxas; chapéu, gorro, boina ou boné. A medida também proibia os homens de usar camiseta regata; camiseta com gola “U” ou “V” que deixe mais da metade do tórax exposto; chapéu, gorro, boina ou boné.
A verificação das vestimentas dos usuários ficava sob a responsabilidade do funcionário de uma empresa terceirizada que faz a segurança patrimonial do local.
De inédita, a decisão da juíza chamou a atenção dos próprios advogados que criticaram a postura da magistrada. A Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Jacarezinho se colocou contra a medida e chegou a ameaçar tomar medidas contra a portaria.
Na época, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Jacarezinho Jaziel Godinho de Morais avaliou a medida como “abuso de autoridade e que os excessos sobre as vestimentas existem em qualquer lugar, mas no caso do Fórum poderiam ser tratados de forma individual”. O presidente ainda detalhou à época que o Fórum fica localizado em uma região alta da cidade, de difícil acesso. Quem não tem condições de chegar com um veículo, passa por dificuldades, pois, o município é um dos mais quentes do Norte Pioneiro.

FONTE: Dayse Miranda - Jornal Tribuna do Vale
FOTO: Antõnio Picolli - Jornal Tribuna do Vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

19 Regional de Saúde Abatia Abatiá ACISC AJUDE O LUCCA Alex Canziani Alexandre Curi Alexandre Guimarães Andira Andirá Angra Doce Artigos Assessorados AUDIÊNCIA PÚBLICA Bandeirantes Barra Barra do Jacaré Beto Richa BOM DE BOLA BRASIL CADASTRO Cambara CAMBARÁ CAPS Carlopolis Carlópolis Casas em Cornélio CERTANO CIAS Cida Borghetti CISNORPI CONCURSO Conselheiro Conselheiro Mairinck ConselheiroMairinck Cornélio Procópio CREF Cultural Curiuva Destaque DETRAN EM AÇÃO Diversos Economia Educacao Educação Esportes Evandro Junior Figueira FUTEBOL Governo do Estado Governo Federal Guapirama Ibaiti Itambaracá Jaboti Jacarezinho Jaguariaíva Japira João Carlos Gomes Joaquim Távora JoaquimTavora Jogos Escolares Jundiaí do Sul JundiaidoSul Liberatti LIMITE DE GASTOS Londrina Magda Cristina MARQUES DOS REIS Michele Caputo MOLINIS Nova América da Colina NOVO CAMINHO Núcleo de Educação OFERTA DE CURSOS Online PARANÁ Parceria FAEL Pedro Lupion PHS Pinhalao Pinhalão PLATINA PM Policial Politica Política Projetos Quatigua Ratinho Junior Regiao Região Ribeirão Claro Ribeirão do Pinhal RibeiraoClaro RibeiraoDoPinhal Romanelli Rubens Bueno Salto do Itararé SaltoDoItarare SAMU Santa Cecília do Pavão Santa Mariana Santana do Itararé SantanaDoItarare Santo Antônio da Platina São José da Boa Vista São Sebastião da Amoreira SaoJosedaBoaVista SAP Saúde SEDS Sindicato Rural SAP Siqueira Campos SiqueiraCampos SOMOS CONSULTORIA Tomazina Trânsito Tribunal de Contas UENP VERMELHO Wenceslau Braz WenceslauBraz

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir