segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Apesar da política econômica de juros altos, o Paraná resiste

Aos poucos, os empresários brasileiros vão recuperando o otimismo e a confiança na melhoria da economia brasileira. Na semana que passou a Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou o índice de confiança do empresário industrial (ICEI), que avançou 3,1 pontos em fevereiro deste ano, na comparação com janeiro, para 53,1 pontos.

A entidade fez pesquisa com 3.080 empresas de todo o país. De acordo com a metodologia, valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário. Já os valores acima de 50 indicam confiança, que é maior conforme aumenta o índice.

Segundo a CNI, o índice de fevereiro se aproxima do registrado em setembro de 2016, quando ficou em 53,7 pontos, o maior nível desde janeiro de 2014. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o indicador apresentou crescimento de 16 pontos.

Ainda que lentamente, começam a surgir os primeiros sinais de que o cenário parou de se deteriorar em vários setores da economia. A produção industrial em dezembro do ano passado cresceu 2,3% em relação ao mês anterior, segundo dados divulgados pelo IBGE. A produção da indústria brasileira terminou o ano com taxas positivas em 10 das 14 regiões pesquisadas.

A indústria do Paraná registrou forte expansão em dezembro em relação ao mesmo período do ano passado, com avanço de 6,5%. Foi a segunda maior alta do País nessa base de comparação, atrás apenas do Pará (10,1%). Na comparação com o mês imediatamente anterior, com o ajuste sazonal, a alta foi de 0,8%, a terceira taxa positiva consecutiva. Com isso, o Estado encerrou o quarto trimestre de 2016 com avanço de 3,3% na produção industrial em relação ao mesmo período de 2015.

O Paraná começou o ano com crescimento tanto das exportações quanto das importações. As vendas externas cresceram 10,8% em janeiro em relação ao mesmo período do ano passado, passando de US$ 871,2 milhões para US$ 965,6 milhões. As importações inverteram a tendência de queda do ano passado e voltaram a crescer, com alta de 30% em janeiro na comparação com o mesmo período do ano passado, de US$ 737,6 milhões para US$ 958,9 milhões. As exportações foram impulsionadas pelo crescimento de 38% de carne de frango in natura. O setor ocupou, em janeiro, o primeiro lugar na pauta de exportações do Estado, com uma participação de 19,6%. As exportações passaram de US$ 137,3 milhões, em janeiro de 2016, para US$ 189,5 milhões em janeiro de 2017. O Paraná exporta frango para mais de 160 países e responde por 35% dos embarques do produto no País.

É do campo que vem as melhores notícias. A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) elevou a sua previsão para a produção de soja no Brasil em 2016/2017, para 104,6 milhões de toneladas. A safra de milho do pais deverá saltar para um recorde de 89.6 milhões de toneladas.

A expectativa de uma safra recorde esta girando a roda da economia paranaense e propicia um ambiente favorável ao investimento em tecnologia, maquinas e equipamentos.

Segundo a Secretaria de Agricultura, o Paraná deve voltar a ser o campeão de produtividade na soja e no milho na safra de 2017, de acordo com levantamento do IBGE. Depois de ficar na sexta colocação no ranking da soja em 2016, por conta da quebra da safra, o Estado deve liderar o rendimento nesse ano, com 3.456 quilos por hectare, contra 3.087 quilos por hectare em 2016.

O Paraná deve superar Santa Catarina (3.431 quilos por hectare) e Minas Gerais (3.206 quilos por hectare). O Mato Grosso deve ficar bem atrás, com 3.146 quilos. A média brasileira é estimada em 3.126 quilos por hectare. Atrás apenas do Mato Grosso, o Paraná é o segundo maior produtor de soja, com previsão de produzir 18,5 milhões de toneladas nesse ano, 9,8% acima da safra anterior, de acordo com a estimativa do IBGE.

As cooperativas paranaenses também têm motivos para comemorar. A Coamo anunciou que teve um crescimento de 7,3% nas receitas globais, somando R$ 11,4 bilhões. A cooperativa de Campo Mourão, que é a maior cooperativa agrícola da América Latina, está dividindo R$ 338 milhões em lucros com os agricultores cooperados.

Os mais de 20 mil associados começaram a receber parte dos valores no fim de 2016 mas a maior parte será dividida agora.

Em Cascavel, o Show Rural Coopavel reuniu público recorde de 253 mil pessoas, no evento que aconteceu de 6 a 10 de fevereiro. A feira movimentou R$ 2 bilhões em apenas uma semana e vai impulsionar o agronegócio da região Oeste durante o ano todo.

Os organizadores da ExpoLondrina, – a Feira do Paraná – que ocorre de 30 de março e 9 de abril, no Parque de Exposições Governador Ney Braga, estimam um movimento mínimo de R$ 400 milhões.

Alias, as cooperativas paranaenses são exemplo de governança e planejamento estratégico. O Plano Estratégico Paraná Cooperativo (PRC 100) prevê alcançar R$ 100 bilhões de faturamento até 2020. O faturamento chegou a R$ 60,4 bilhões em 2015.

Que esse vento de esperança que vem do campo traga um novo alento a economia.

Luiz Cláudio Romanelli, advogado e especialista em gestão urbana, é deputado pelo PSB e líder do governo na Assembleia Legislativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria???

19 Regional de Saúde Abatia Abatiá ACISC AJUDE O LUCCA Alex Canziani Alexandre Curi Alexandre Guimarães Andira Andirá Angra Doce Artigos Assessorados AUDIÊNCIA PÚBLICA Bandeirantes Barra Barra do Jacaré Beto Richa BOM DE BOLA BRASIL CADASTRO Cambara CAMBARÁ CAPS Carlopolis Carlópolis Casas em Cornélio CERTANO CIAS Cida Borghetti CISNORPI CONCURSO Conselheiro Conselheiro Mairinck ConselheiroMairinck Cornélio Procópio CREF Cultural Curiuva Destaque DETRAN EM AÇÃO Diversos Economia Educacao Educação Esportes Evandro Junior Figueira FUTEBOL Governo do Estado Governo Federal Guapirama Ibaiti Itambaracá Jaboti Jacarezinho Jaguariaíva Japira João Carlos Gomes Joaquim Távora JoaquimTavora Jogos Escolares Jundiaí do Sul JundiaidoSul Liberatti LIMITE DE GASTOS Londrina Magda Cristina MARQUES DOS REIS Michele Caputo MOLINIS Nova América da Colina NOVO CAMINHO Núcleo de Educação OFERTA DE CURSOS Online PARANÁ Parceria FAEL Pedro Lupion PHS Pinhalao Pinhalão PLATINA PM Policial Politica Política Projetos Quatigua Ratinho Junior Regiao Região Ribeirão Claro Ribeirão do Pinhal RibeiraoClaro RibeiraoDoPinhal Romanelli Rubens Bueno Salto do Itararé SaltoDoItarare SAMU Santa Cecília do Pavão Santa Mariana Santana do Itararé SantanaDoItarare Santo Antônio da Platina São José da Boa Vista São Sebastião da Amoreira SaoJosedaBoaVista SAP Saúde SEDS Sindicato Rural SAP Siqueira Campos SiqueiraCampos SOMOS CONSULTORIA Tomazina Trânsito Tribunal de Contas UENP VERMELHO Wenceslau Braz WenceslauBraz

As Mais Clicadas do Mês!

As Mais Recentes!

Destaque!

Subir